Cancun (México)

Roteiro de 7 dias em Cancun, Playa del Carmen e Tulum

Passamos as férias do final do ano de 2017 no México. Escolhemos passear pela Cidade do México, Puebla, Cancun, Tulum, Playa del Carmen, Valladodid e conhecer a pirâmide de Chichen Itza. Passamos 15 dias no México no total, 7 dias na região de Cancun.




Ir para o México com uma criança pequena foi super tranquilo. Nosso pequeno tinha 4 anos nesta viagem. Levamos o carrinho de bebê e levamos o assento de elevação para o carro dentro de uma mala. Como o voo da Cidade do México para Cancun era um voo doméstico, levamos apenas duas malas grandes e o carrinho, pois o carrinho neste voo doméstico contou como a bagagem do pequeno. Caso levássemos mais malas que isso, precisaríamos pagar taxa extra.

O nosso voo para o México foi Avianca, indo por Bogotá e voltando por Lima. Por causa de Bogotá, tivemos que emitir os nossos certificados da Anvisa sobre a vacinação contra febre amarela. Não foi solicitado para a gente, mas percebi que alguns passageiros do voo para Bogotá foram escolhidos para mostrar o certificado. Na época, não era necessário deste certificado para entrar no México. Os voos tiveram entretenimento para todos e foram bem tranquilos, porém cansativos.

Para comer por lá foi um pouquinho mais complicado do que eu imaginava. Não ficamos em hotel all inclusive (apenas com café da manhã), então o almoço e o jantar eram sempre na rua. A comida por lá tem bastante molho e pimenta, que o pequeno realmente não curtiu. As opções de refeição para o nosso filho então ficaram entre o KFC (frango, arroz e purê, detalhe em comer o frango sem talher, apenas há colheres de sorvete no KFC), VIPs (restaurante com sanduíches e pratos como peixe e pratos kids com legumes, há parquinho infantil), restaurantes de steak argentinos (carne bovina ou frango, purê, arroz, legumes...) e até a praça de alimentação de supermercados tem opções legais, principalmente no Chedraui (massas, arroz, frango...).




Nós adoramos olhar os supermercados durante as nossas viagens, sempre encontramos coisas diferentes ou mais baratas por lá. No México, os principais supermercados é o Walmart, Chedraui e o Soriana. Apesar de não ser a mesma coisa dos EUA, o Walmart tem bastante coisa legal e bem barata. Compramos vários brinquedos Imaginext para o nosso pequeno muito mais barato que no Brasil, por exemplo. Também aproveitei para comprar alguns cremes e maquiagens. Por lá também é fácil achar para comprar o BabyBalm da Vick, que não é vendido no Brasil.

Alugamos o carro pela Álamo, no próprio aeroporto, e não tivemos problemas nem surpresas. Já deixamos alugado desde o Brasil, pelo site. Já reservamos os carros com os seguros. O aluguel de carro, de modo geral, foi bem barato. A região de Cancun é praticamente sem trânsito, em compensação, fique muito atento aos limites de velocidade, pois a polícia está sempre por todo lado e pronta para aplicar multas e subornar os turistas. As placas de velocidade variam o tempo todo, uma hora 40km por hora, outra 90km, outra 40km novamente. 



Antes da viagem lemos relatos de diversos turistas em blogs de viagens que afirmavam terem sido subornados por policiais em Cancun. Assim que chegamos, fomos parados por um policial em uma moto. Apesar de estarmos no limite de velocidade correto, pediu para que meu marido saísse do carro e disse que não estávamos no limite correto de velocidade. Informou que meu marido ficaria sem a carteira de motorista e que precisaria pagar um multa 2300 pesos. É claro que não poderíamos ficar sem a carteira de motorista... OU poderíamos pagar para ele algum valor (ele queria inicialmente 1000 pesos) e ele nos liberaria. Enfim, perdemos 200 pesos para o policial e ele nos liberou. É bom tomar bastante cuidado com as regras de trânsito por lá. Estacionar apenas em locais sinalizados como permitidos e usar sempre o cinto. Li também que é comum que, ao estacionar em local não permitido, os policiais retiram alguma coisa do carro, como a placa. Apenas após pagar a multa é devolvido.

Dividimos a nossa estadia entre Tulum e Cancun, duas cidade com duas horas de distância entre elas. Cancun é uma cidade bem turística, lotada de hotéis, resorts, shopping, restaurantes etc. Já Tulum é uma área mais simples, com um centrinho bem estilo região dos Lagos do Rio de Janeiro. As praias de Tulum são lindas e a ida de lá para Chichen Itza é melhor e sem pedágios. Playa del Carmen fica no caminho, entre Cancun e Tulum, e também merece uma visita. 





Infelizmente tivemos o azar e a sorte de muitos dos nossos dias por lá ficarem nublados e chuvosos. Azar porque assim as paisagens não ficaram deslumbrantes com um céu azul, e sorte porque assim os passeios não ficaram muito cansativos devido ao calor e sol quente. Não sei se é sempre assim no final do ano, mas além das chuvas constantes, também estava ventando muito por lá, o vento era tanto que ficar na praia era desconfortável. Não deixe de levar bonés, chapéus, protetor solar, óculos escuros, roupas confortáveis para os passeios pelas ruínas, brinquedos de praia para as crianças e repelente. Fizemos vários passeios usando o carrinho de bebê, ajuda muito nos passeios mais cansativos.

O nosso roteiro por lá ficou dividido da seguinte forma:
(Para saber mais sobre os dias, basta clicar sobre o dia escolhido)

Tulum:
1) Chegada no aeroporto e ida para Tulum / Crococun Zoo
2) Ruínas de Tulum, Playa del Carmen
3) Valladodid, Chichen Itza

Cancun:
4) Playa de Akumal, Cenote Azul
5) Playa Delfines, Playa Marlin, Shopping La Isla, Interactive Aquario Cancun, Captain Hook

6) Isla Mujeres
7) Curtir o Hotel e Voos de volta para casa


Em Tulum ficamos hospedados em uma pousada por 3 dias, na Pousada Uolis Nah. A pousada é simples, ótima para apenas dormir e passar o dia nos passeios. Tem uma piscina e fica bem localizada. Infelizmente, quando fomos, a pousada estava passando por algumas obras, sendo assim, tivemos alguns problemas com a nossa estadia, como falta de água quente e cheiro de poeira.

Em Cancun, ficamos hospedados no Casa Maya Resort. Um resort que não é all inclusive, porém possui restaurante, caso você queira fazer as refeições por lá. Tem piscina, piscina infantil e um pequeno parquinho externo. Este resort é pé na areia, na praia Marlin, que é uma praia bem calminha, ótima para crianças. Escolhemos um hotel só com café da manhã porque não queríamos ficar presos no hotel e passar o dia inteiro na rua. No fim das contas, ainda me arrependi de ter ficado neste resort, pois poderíamos ter economizado e ficado em um hotel comum. Ficamos por lá praticamente apenas para dormir e tomar o café da manhã. Se a sua ideia é ficar curtindo o hotel apenas, considere um all inclusive. Porém, por lá, não faltam opções de restaurantes. Achamos o café da manhã mexicano um pouco diferente (feijão, frango com molhos apimentados e comida mexicana de modo geral), então apesar do café da manhã ter milhões de opções, poucas nos agradaram. Para quem curte comida mexicana ou provar mesmo gastronomias diferentes, vai curtir bastante a região.






Deixamos de fora do nosso roteiro os parques que há pela região, como Xcaret, Xel Ha, Xplor... Pelo que eu pesquisei, o Xel Ha e o Xplor não são muito legais para as crianças pequenas, no meu caso, um pequeno de 4 anos. 

O parque Xcaret é um parque mais apropriado para crianças pequenas, poderíamos ir por conta própria, no site do parque há as informações necessárias. É um parque em contato com a natureza, com praia, passeio de bóias por um rio, golfinhos (pagos por fora)... Se for considerar este parque, reserve um dia inteiro para ele. E por que decidimos não ir neste parque, embora ele seja super procurado em Cancun? Pesquisamos bastante e não vi nada de muito diferente dentro dele, que não teríamos do lado de fora dele. Como tínhamos poucos dias para conhecer Cancun e região, não achei que valeria a pena cortar algo dos passeios para passar o dia inteiro no parque. Se você for ficar muitos dias por lá, pode valer a pena incluí-lo no roteiro. Como tínhamos mais interesse em conhecer as regiões arqueológicas da região (pois essas sim não há em outros lugares), deixamos o parque de lado.

E o nado com os golfinhos? Vi que por Cancun e região há diversas opções para o nado com os golfinhos, na Isla Mujeres, na ilha Cozumel, no Aquario Interactivo no shopping La Isla, nos parques citados acima, no Dolphin Discovery etc. Todos eles possuem diversos tipos de preços, dependendo do tipo de nado que você quer contratar, geralmente em grupos. Os preços das fotos costumam ser exorbitantes e é pago por pessoa. Achamos uma atração muito (muiiito) mais caro que na Colômbia, em Cartagena, que havíamos ido há pouco tempo, portanto, deixamos de lado. Se achar imperdível, pesquise o melhor lugar para a sua família, e não esqueça que ingresso é um preço e fotos são outros preços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário