Caldas Novas (Goiás)

Caldas Novas com criança


A cidade é pequena, mas dá para passar um dia por lá. Há vários prédios novos. Tem vários hotéis, simples e luxuosos. Tem restaurantes, pizzarias, churrascarias, Giraffas, Spoleto, comida japonesa, um parque de diversões na praça central da cidade, um hotel do Sesc, farmácias e um monte de lojinhas vendendo roupa de banho e infláveis para piscina.

Para chegar na cidade fomos de avião até Goiânia e no aeroporto alugamos um carro para seguir até lá. Foram mais ou menos 2 horas e meia de carro até Caldas Novas. A estrada é vazia na maior parte do tempo, portanto não há quase nenhum posto de combustível ou lugares para comer no caminho.

Fomos passar apenas um final de semana por lá. Fomos na sexta-feira à noite, partindo do Rio de Janeiro, e voltamos no domingo à noite. Porém, ficou um pouco corrido, principalmente por estar com criança pequena, mas deu para conhecer bem o parque e um pouco da cidade sem problemas. Se puder passar mais tempo por lá, aproveite com mais calma.

Há propagandas de Parques Aquáticos para todo lado e diversas opções para compra de ingressos.

Só conhecemos o Hot Park, da rede Rio Quente Resort, na cidade de Rio Quente. Fica há uns 25 minutos de carro de Caldas Novas.

Optamos ficar em uma pousada bem simples no centro de Caldas Novas, já que passaríamos o dia no parque, mas o hotel tinha café da manhã e piscina de água fria. Da pousada íamos para o centro a pé.

Infelizmente tínhamos pouco tempo na cidade e aproveitamos apenas uma noite e uma manhã. À noite, no sábado, fomos ao Parque de Diversões no centro, bem lotado por sinal, e jantamos em um rodízio de pizzas enquanto o pequeno jantou no Spoleto. O rodízio foi R$19,90 por pessoa, mas não era grande coisa. De manhã, no domingo, caminhamos um pouco no Centro e depois fomos ao Jardim Japonês.

Passamos o dia do sábado e a tarde do domingo no Hot Park.

Achamos o Jardim Japonês bem agradável, principalmente porque estava bem mais fresco que nos outros lugares da cidade. Além de jardins, mini museu, laguinhos com peixes e pés de jabuticaba, também tinha cavalos, emas, galinhas d'angola, pavão e muitos patos. Dá para fazer piquenique por lá e curtir um pouco de sombra e grama.
O Jardim Japonês fica na BR-490 - Solar de Caldas, Caldas Novas, no caminho para o Rio Quente Resort. Entrada R$3, 00 (valor de 2015), mas o pequeno não pagou.






Em frente ao Jardim Japonês, do outro lado da rodovia, tem uma gelateria com sorvetes artesanais. O local é novo e bem grande. Vale a pena uma parada.

A rodovia que vai para Rio Quente possui um posto da polícia rodoviária federal, quando fomos para o parque no primeiro dia, todos os carros eram parados e verificados.

Ainda na cidade há outros atrativos, porém não tivemos tempo de visitar. Como, por exemplo, o Parque Estadual Serra de Caldas.

Para saber como foram os nossos dois dias visitando o Hot Park, clique no link abaixo:
http://www.diariodopequenoviajante.com.br/p/hot-park-goias-o-rio-quente-resort-fica.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário