terça-feira, 31 de julho de 2018

Quebec City - Dia 2

Roteiro deste dia:

1) Cataratas Montmorency
2) Ilha de Nova Orleans
3) Loja de Brinquedos Benjo
4) Caminho do Rei (Chemin du Roy) na ida para Montreal

Logo depois do café da manhã, já colocamos as nossas malas dentro do carro e fomos para a nossa primeira parada do dia. Fomos direto para as Cataratas Montmorency. O dia estava lindo, com sol e céu azul. Esta catarata possui 83 metros de altura, ou seja, 30 metros a mais que as cataratas do Niagara, e ficam a mais ou menos 20 minutos do centro histórico de Quebec City.


Colocamos o parque das cataratas no GPS e fomos direto para lá. O parque tem dois estacionamentos, pelo que pesquisamos: um na parte baixa do parque, no pé da cachoeira, e um estacionamento na parte de cima, junto do restaurante. Estacionamos o carro na parte de cima das cataratas e pelo que percebemos foi a melhor coisa a fazer, pois a vista lá de cima é realmente mais bonita. O estacionamento custou mais ou menos $12. Tirando o estacionamento, não precisamos pagar mais nada no parque, pois a entrada é gratuita. O parque das Cataratas Montmorency é bem grande, tem área de piquenique e passamos também por dois parquinhos infantis.




Ao sairmos do estacionamento, seguimos direto para a lateral do restaurante (tem banheiros por lá), que é uma casa branca bem grande. Nesta lateral já vimos alguns mirantes para a catarata bem legais, mas ainda bem longe da bela visão que se tem mais a frente. É só seguir então em direção a catarata que se chega na incrível ponte suspensa que há em cima dela para atravessar para o outro lado. Indo para o outro lado da catarata, tem uma trilha que acessa a escadaria para descer. Apesar de não querer descer, nós fomos até a escadaria pois a vista de lá para fotos é ótima. A escadaria não tem sinalização, então quando ver a placa indicando tirolesa, siga para lá que chegará na escadaria. A escadaria é longa e para quem está com criança não é muito agradável a subida. Descemos mais ou menos até a metada da escada, depois subimos novamente, Se for descer as escadas, recomendo capa de chuva, pois há muitos respingos na parte baixa. No verão deve ser um ótimo lugar para se refrescar.







Para quem quiser, há um bondinho que liga a parte superior da catarata na parte inferior. O bondinho é pago e não chegamos a utilizá-lo. O ingresso do bondinho é mais ou menos $12 dólares por pessoa ida e volta. Quem quiser almoçar por lá, tem o restaurante (não chegamos a ir lá). Como tem áreas de piquenique, vi várias pessoas levando o "almoço" e usando as mesinhas para fazer a refeição.

Passamos praticamente a manhã toda por lá, ao saírmos do parque das Cataratas Montmorency seguimos direto para a ilha de Nova Orleans. A ponte para a ilha fica bem próximo das cataratas, inclusive a vista para as cataratas da ponte é bem legal. Na ilha de Nova Orleans não chegamos a descer do carro, apenas damos um volta de mais ou menos 1 hora para conhecer a ilha. A ilha é uma área residencial, com lindas casas e fazendas. Cenário de filme.





A próxima parada foi a loja de brinquedos Benjo. Esta loja pode ser visitada também no dia anterior,
já que é próximo do centro histórico. Achamos esta loja fantástica com várias atividades livres para as crianças brincarem. Além de enorme, tem vários brinquedos diferentes. Muitos blocos, jogos de tabuleiros, jogos para experiências etc diferentes que nunca vimos pelo Brasil ou até mesmo na Toy r Us. Não é uma loja famosa por ser baratinha, mas por possuir brinquedos diferentes. Vale a pena a visita. Tem até trenzinho para as crianças andarem dentro da loja.



Para ir para Montreal é uma viagem de mais ou menos 2,5 horas pela rodovia de velocidade. Porém optamos por fazer um caminho alternativo e mais longo, seguindo pelo famoso caminho do rei. Indo por este caminho a viagem para Montreal aumenta em pelo menos 1 hora, sendo assim, percorremos um pouco pelo caminho do rei e depois retornamos para a rodovia. Ao marcar o Chemin du Roy no GPS, você passará por várias cidades pequenas "francesas" e lindas casas, tudo isso pela beira do rio Saint-Laurent.





Por muitas vezes a estrada do Chemin du Roy fica meio confusa, nós mesmos nos "perdemos" algumas vezes da estrada. Há algumas placas indicando o Chemin du Roy, mas nem sempre elas realmente ajudam. Se tiver tempo, siga até Montreal (ou Quebec, se fizer o caminho contrário) por este caminho beirando o Rio Lourenço, pois o cenário realmente é bem legal, então vale a pena conhecer pelo menos uma parte do caminho.

Para quem quiser marcar melhor no GPS, coloquei os nomes das cidades para percorrer o Chemin du Roy aqui, partindo de Quebec City:

Quebec City  – Saint-Augustin-de-Desmaures  – Neuville  – Donnacona  - Cap-Santé – Portneuf - Deschambault-Grondines - Sainte-Anne-de-la-Pérade  – Batiscan – Champlain  -  Trois-Rivières –  Yamachiche – Louiseville  – Maskinongé  -  Saint-Barthélemy  - Saint-Cuthbert – Berthierville - Sainte-Geneviève-de-Berthier – Lanoraie – Lavaltrie - L’Assomption - Saint-Sulpice – Repentigny

Nenhum comentário:

Postar um comentário