segunda-feira, 30 de julho de 2018

Ottawa - Dia 1

Ottawa é a capital do Canadá e, talvez por já estar na divisa com a parte francesa do Canadá, possui um ar mais europeu. O centro de Ottawa é cheio de charme e apesar do dia do nosso passeio estar um pouco chuvoso, as paisagens continuaram lindas.



Ficamos hospedados no Econo Lodge. Um hotel bem simples, mas com estacionamento e café da manhã. A proximidade dele com a cidade é boa, não precisando de carro para chegar aos pontos turísticos. Também tem comércio nas proximidades, além de um parquinho infantil perto para o nosso pequeno. O parque verde Jules Morin Park que fica atrás do hotel tem parquinho infantil, quadra para hockey e piscina. Como ficamos no hotel apenas para dormir, o hotel atendeu bem.

Ottawa é para ser conhecida a pé, percorrendo as ruas, conferindo as lojas e prédios, observando o Ontário Lake... Passeamos um dia no centro de Ottawa e considero que foi suficiente para conhecer os seus pontos turísticos sem pressa.

O nosso roteiro foi:
1) Byward Market
2) Igreja de Notre Dame
3) Museu de Artes (National Gallery of Canada)
4) Ponte Alexandra
5) Museu da Civilização
6) Major's Hill Park
7) Parlamento
8) Suprema Corte
9) Sparks Street
10) National War Memorial
11) Jules Morin Park

Começamos a pé então indo percorrer o Byward Market, pois fica bem próximo do hotel. O Byward Market é um conjunto de ruas com várias lojinhas e restaurantes. O lugar é uma graça com uma arquitetura muito bonita. Por lá também tem o letreiro com o nome da cidade para tirar fotos. Ficar por lá para almoçar ou jantar é uma ótima opção.




Passando pelo letreiro de Ottawa, seguimos pela direita até a igreja Notre Dame, que fica de frente para o Museu de Artes, famoso pela aranha gigante na entrada. A igreja é enorme e a visitação é gratuita. Infelizmente no momento que passamos por lá estava tendo liturgia e havia uma placa pedindo para não entrar visitantes.


Atravessamos a rua e passamos então por baixo da aranha do museu de artes. Optamos por não entrar no museu. Seguimos em direção a ponte Alexandra que nos leva direto ao museu da civilização. A vista da ponte é linda, com vários mirantes para o parlamento.  Não chegamos a atravessar a ponte, mas se quiser visitar o museu da civilização, precisará atravessá-la. Neste museu da civilização está o museu da criança. Verifiquei em diversos sites sobre as atrações deste museu e não as achei tão interessantes para o meu pequeno. Caso vá visitar o museu da civilização, o museu da criança parece já estar incluído na visitação.




No início da ponte, tem uma enorme área verde, beirando o lago, o Major's Hill Park. De lá vimos o canal que no inverno vira uma imensa pista de patinação. Fomos caminhando então por dentro da área verde até chegar na rua do parlamento. Por ali tem o shopping Rideau Centre. Resolvemos dar uma parada para almoçar e dar um volta no shopping, já que estava chovendo no momento. O shopping tem uma boa praça de alimentação e algumas lojas famosas, como HeM e Zara.



Mais tarde então seguimos para o  parlamento e ficamos por lá tirando várias fotos. No verão costuma ter um espetáculo de luzes, mas como fomos na primavera, ainda não estava tendo este espetáculo. É possível também visitar o parlamento gratuitamente. Parece que é preciso pegar uma senha para a visitação em um prédio do outro lado da rua. Seguimos a rua do parlamento até o supremo tribunal, que também é um prédio bem bonito. 




Depois voltamos em direção do shopping Rideau Centre novamente, mas pela Sparks Street, que foi a primeira rua de pedestres do Canadá. Por lá há várias lojas e restaurantes. Aproveitamos para passar na Winners (essa não tem setor infantil) e na Dolarama. Passamos também em frente ao Nacional War Memorial. Observar a guarda dali é bem legal. 




Voltando para o hotel, terminamos o nosso passeio no Jules Morin Park para o nosso pequeno brincar nos brinquedos e na área verde. Aproveitamos também para ver algumas pessoas jogando Hockey por lá.


Nenhum comentário:

Postar um comentário