quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

São Paulo - Dia 6

Como estávamos em Campinas, aproveitamos para conhecer neste dia o parque T-Rex. Este parque é bem famoso em SP por se tratar de um parque de diversões com a temática de dinossauros.


A primeira coisa a fazer antes de visitar o parque é conferir o site e o Facebook, verificar os horários de funcionamento, as promoções vigentes etc. Fomos na terça de carnaval. O horário de funcionamento deste dia foi de 10h às 19h e, caso levasse um quilo de alimento, o ingresso sairia por 50 reais (adulto ou criança).
Fizemos checkout no hotel, já que depois do parque já seguiríamos para dormir em Moema, SP.  Chegamos no shopping D. Pedro às 9h20, mais ou menos. Passamos no Walmart para comprar os alimentos e seguimos para o parque. A entrada do shopping mais próxima para chegar no parque é a entrada das Pedras.

Compramos os nossos ingressos e ficamos aguardando o horário de abertura. Em frente ao parque há uma ossada de cabeça de dinossauro bem legal.

Fomos em todos os brinquedos praticamente. O pequeno só não foi em uma montanha russa um pouco mais radical no final do parque (a do dragão) e em alguns brinquedos que ele não curte mesmo, como xícara e cabum Infantil. Ele não foi porque não quis mesmo, pois praticamente não havia filas para brincar.

Em vários momentos, passeando pelo parque, um funcionário carrega um filhote de dinossauro no colo, também vimos um dinossauro andando e os personagens do parque, junto de uma princesa. Há um showzinho no palco que fica em uma das laterais do parque, verifique o horário junto ao palco. Acabamos perdendo o show por estar em um brinquedo mais demorado na hora da apresentação (estávamos no skylooper).



Uma atração que achamos bem legal foi a Skylooper, um brinquedo estilo arvorismo. Os adultos podem ir junto das crianças. Fica no final do parque. Para ir precisa pegar um horário na loja do parque. Meu pequeno foi duas vezes com o pai e adorou. Há armários junto desta atração, caso todos da família queiram ir juntos.

Outro brinquedo que fez sucesso foi a arma de bolinhas de espuma. Fica dentro de um dinossauro gigante. É só chegar, escolher a sua arma e atirar as bolinhas. O único problema é o barulho por lá, que é muito alto. Outra atração que ele gostou foi o cinema 3D, com um filme de um dinossaurinho. O filme é super tranquilo, então mesmo que a criança fique com medo, dá para assistir numa boa.


No final do parque há banheiros e bebedouro. Apesar do site do parque informar que não poderíamos sair do parque para almoçar, ao comprar os ingressos perguntamos sobre isso e a funcionária falou que poderíamos sair sem problemas. E assim foi, recebemos uma pulseira, saímos para almoçar na praça de alimentação do shopping e depois retornamos.

Apesar de podermos ficar no parque até às 19h, fomos embora umas 15h30. Como o parque fica a céu aberto, estava muito calor e sempre que o sol saia ficava desconfortável ficar nos brinquedos. Repetimos os brinquedos que mais gostamos e depois fomos embora.

No parque há vários dinossauros se mexendo, fazendo barulho e de diversos tamanhos. O parque é realmente muito legal principalmente para as crianças que curtem dinossauros. É mais voltado para crianças, foi ideal para o meu filho de 5 anos. Na minha visão, os adolescentes teriam poucas atrações que chamariam a atenção deles, umas 4 opções mais radicais, como a montanha russa do dragão, o cabum, o skylooper e a barca.


Fomos até Campinas porque pretendíamos visitar também Holambra. Apenas por este parque acredito que não vale a pena a viagem de São Paulo para lá. Se quiser e puder, já aproveite para conhecer logo também o Hopi Hari e o Wet'n Wild, que também ficam na região.

Dicas sobre o parque:

- Vá preparado para encarar a temperatura do dia: boné, roupas confortáveis, protetor solar, garrafa de água. Não se esqueça do repelente;
- Já pergunte na entrada do parque sobre a saída para o almoço. Se preferir, já entre após o almoço;
- Vá logo na loja pegar um horário para o skylooper (atração estilo arvorismo), pois este brinquedo é bem concorrido;
- Quando for na atração de armas de bolinhas de espuma, fique sempre mais para o meio, onde o teto é mais alto, lá o barulho incomoda menos;
- Verifique logo que entrar no parque os horários dos shows e fotos, caso queira participar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário