segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

São Paulo - Dia 10

Hopi Hari

O dia hoje foi para o Hopi Hari. O parque fica a mais ou menos 1 hora de São Paulo. A ideia foi passar o dia no parque e depois seguir direto para São José dos Campos, para dormir.

A primeira coisa que fizemos foi acessar o site, verificar as promoções e o horário do parque. Lá também tem as atrações e a altura necessária para as atrações. Como o nosso pequeno estava com 1,12m de altura, vimos que ele podia ir em todos os brinquedos da área infantil e alguns de algumas outras áreas. Portanto, valia a pena ir ao parque. Com menos de 1,10m não há quase atrações para ir.
Marcamos o parque no GPS e chegamos lá por volta de 10h30. Como o parque ia abrir às 11h, imaginei que estava chegando cedo. Não havia fila na bilheteria, mas a fila para entrar no portão já estava gigante. Fomos em um sábado de fevereiro de 2018. Pegamos a promoção de sábado estudante paga meia (R$ 60,00) e crianças (menores de 12 anos) com entrada gratuita. O estacionamento, apesar de informar R$ 40,00 na entrada, custou R$ 30,00.


Já observe na entrada do parque os brinquedos que não estarão em funcionamento no dia e o mapa do parque, inclusive com a lista de atrações e a altura exigida. Eu já aproveitei e tirei algumas fotos do mapa e atrações, para depois acompanhar mais facilmente.

Ingressos comprados, fomos para a fila de entrada. Passamos inicialmente por uma revista nas mochilas e depois pelas catracas. Logo após as catracas eles verificam a altura da criança e registram na pulseira, assim, ao entrar nos brinquedos, não é necessário medir novamente.



O parque é dividido por áreas, a área do Looney Tunes é a área com os brinquedos infantis, como carrossel, xícara, brinquedão, armas de bolinhas de espuma, carrinho, aviãozinho, passeio de barco dentro de um castelo e um cabum infantil. No dia em que eu fui, o parque estava super vazio nesta área, sem espera em filas. Em alguns brinquedos o pequeno podia ir sozinho, em outros precisava ir acompanhado.






Depois de aproveitar a área do Looney Tunes fomos direto para a área da Liga da Justiça. Verifique os horários em que os heróis aparecem lá para fotos. Lá o pequeno pode ir no carrinho bate bate, no cinema do Lanterna Verde e na montanha russa do Batman. Ficamos nesta área até a hora do almoço.
Almoçamos macarrão no Palácio da Justiça. Dentro do palácio tem algumas máscaras e roupas dos heróis, mesmo se não for almoçar por lá, vale a pena entrar. Em cada área do parque também há lojinhas de souvenirs.



Há diversas lanchonetes de cachorro quente e hambúrguer espalhadas pelo parque. O lanche custa mais ou menos o mesmo preço de um Burger King. O macarrão custou 21,90 reais, podendo escolher a massa, o molho e 5 ingredientes (estilo Spoleto). Fiquei sabendo que no Salloon da área do velho oeste tem pratos prontos, caso prefira comida. Refrigerante ou suco por 6 reais a lata e água por 4 reais a garrafa (promoção de 3 por 10 reais). Em cada área do parque há banheiros e bebedouros (pode encher garrafas). Também há fraldários, com sofá e espaço para troca de fraldas (não tem microondas).


Depois do almoço seguimos para a área Mistery. Ali o pequeno pode ir no brinquedo Simulatory, que ele amou. Ele assistiu um filme sobre os dinossauros que estavam fugindo na ilha do dinossauros e depois entramos em um cinema 2D para assistir a captura do tiranossauro rex. Durante o filme, as cadeiras mexiam muito. Ele adorou e fomos mais umas 2 vezes depois. Nesta área nos alternamos para irmos nos brinquedos sozinhos, já que o pequeno não podia ir. Fomos na montanha russa indoor, o pai do pequeno foi na montanha russa de madeira e fui no Katakumb, estilo casa do terror.

Seguimos para o velho oeste (Wild West) e lá curtimos os brinquedos que molham. Fomos primeiro no Splash (carrinho que desce na água) e depois no Rio Bravo, que é um bote que vai por um rio. Em ambos brinquedos você fica bem molhado. Então minha dica é: já ir várias vezes nestes brinquedos, para molhar logo de uma só vez. Lembre-se que em vários brinquedos não pode entrar molhado. Nesta área ele só pode ir nestes dois brinquedos.

Apesar dele poder ir na roda gigante, não fomos porque não curtimos muito. Repetimos quase todos os brinquedos. Perdemos o show do Looney Toones porque simplesmente mudaram de horário durante o dia e só informaram pelo rádio, então acabamos não assistindo. Portanto, fique atento às informações do rádio.



Aproveitamos o parque até às 19h, quando fechou. O nosso pequeno curtiu muito e como sempre, não queria ir embora.

Dicas:
- Acesse o site oficial e o Facebook para se informar dos horários e promoções vigentes antes da sua visita. Quando fomos, o único dia em que aceitava carteirinha de estudante era o sábado, por exemplo;
- Leve garrafa de água, é possível encher nos bebedouros que ficam nas entradas dos banheiros;
- Apesar da área do Looney Toones não ter brinquedos muito diferentes do que costumamos a ver em parques de diversões, os brinquedos que meu pequeno pode andar nas outras áreas foram bem legais e diferentes para ele. Portanto, se tiver pouco tempo, comece pelos brinquedos das outras áreas;
- Vá preparado para encarar a temperatura e o tempo no dia da sua visita. O parque é todo a céu aberto, apenas alguns brinquedos são cobertos. Leve protetor solar, boné, capa de chuva, repelente etc;
- Apesar de ter um quadro com a programação do dia, a programação é alterada a qualquer momento e os quadros não são atualizados, ou seja, corra atrás e confirme os horários do que quiser participar. Fique atento aos informativos do rádio;
- Alguns brinquedos abrem depois ou fecham antes do horário do parque, sendo assim, fique atento para poder ir nas atrações desejadas;
- Se a criança tiver menos de 1,10m não há quase atrações para participar. Avalie se a visita ao parque valerá a pena. Veja a lista de atrações e a altura exigida no site;
- O brinquedo do barquinho no Castelo das Lendas possui um cheiro muito forte de velho e mofo, só fomos uma vez porque o cheiro estava muito forte. Se for alérgico, talvez seja melhor evitar esta atração;
- A montanha russa de madeira bate bastante, portanto cuidado com hematomas nos joelhos quando estiver no brinquedo;
- Leve uma troca de roupa para as crianças caso vá no parque em um dia mais frio, afinal, após ir nos brinquedos Splash e Rio Bravo, todos ficam bem molhados;
- Se organize para ir nos brinquedos que molham, pois há brinquedos que não pode entrar molhado. Desta forma, ou vá logo no começo do dia para secar a tempo, ou vá mais para o final do dia, após ter ido nas demais atrações;
- O parque é muito grande, considere levar o carrinho de bebê, caso ainda o use;
- Apesar da atração Katakumb informar que é uma opção família e ser para maiores de 1,20, considere se vale a pena levar sua criança lá. Minha dica é, vá primeiro e avalie se deve levar a criança. O brinquedo é estilo casa de terror, um labirinto no escuro, com diversas múmias e outros monstros correndo atrás e dando susto nas pessoas. Vi crianças encarando numa boa, mas também vi muitas chorando assustadas;
- O Hopi Hari fica ao lado do Wet'n Wild. Se for do interesse visitar este parque aquático também, é melhor dormir em Vinhedo ou Campinas


Endereço do parque: Rodovia dos Bandeirantes, km 72 - Moinho, Vinhedo - SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário