sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Cancun - Dia 3

Junto a Cancun há duas ilhas bem famosas: Isla Mujeres e Cozumel. Isla Mujeres é famosa pela belíssima Playa Norte e Cozumel, além das praias, também é famosa pelo passeio de submarino. Se não houver tempo para passear pelas duas ilhas, defina qual melhor combina com o seu estilo de passeio. Todas as duas possuem parques com golfinhos, se este for o foco. Isla Mujeres você chega partindo do porto de Cancun. Cozumel você precisa ir até o porto de Playa del Carmen.

Isla Mujeres combinou mais com o nosso estilo de passeio. Conseguiríamos fazer tudo por conta própria, passear pela cidade a pé e conhecer uma bela praia. Depois de um demorado café da manhã no nosso hotel, partimos então de carro para o porto de Cancun. O Puerto Juarez fica um pouco afastado da zona hoteleira. Se não estiver de carro, considere pegar um táxi ou ônibus até lá. Como havíamos alugado carro, fomos de carro. No próprio porto tem um prédio de estacionamento. Não me lembro exatamente quanto foi o estacionamento do carro por lá, mas nada muito absurdo, o dia todo deve ter dado uns R$ 20. Deixamos o carro lá, descemos de elevador já ao lado da empresa que vende os bilhetes do barco (ferryboat).

As embarcações saem de hora em hora, às vezes ainda com menos intervalo, e a viagem até Isla dura mais ou menos 30 minutos ou menos. Compramos os nossos bilhetes na hora mesmo na empresa Ultramar, já compramos ida e volta para o mesmo dia. Para comprar os bilhetes não havia fila, mas já havia uma fila formada aguardando o ferryboat. Fomos de carrinho de bebê, porém não foi muito prático, afinal estávamos indo visitar uma praia. Não iria novamente de carrinho. Havia pessoas de malas por lá, que ficariam hospedadas em Isla Mujeres. Para detalhes sobre os bilhetes, acesse o site da Ultramar:
https://www.ultramarferry.com/en





O ferryboat não é gigante, estilo barca Rio Niterói, então balança um pouco. Se costumar sentir enjoo em barcos, aconselho a tomar um remédio para enjoos antes de embarcar. Na ida fomos sentados na parte de cima (muito vento e muito sol) por causa da vista, na volta viemos na parte de baixo, no ar condicionado e com uma cadeira bem mais confortável. O carrinho precisava ficar fechada, em uma espécie de maleiro, logo na entrada da embarcação. Fomos apenas com o carrinho e uma mochila.

Chegamos na ilha por volta de 11h. Logo na chegada em Isla Mujeres há diversas pessoas oferecendo o carrinho de golfe. Você precisar estar com a carteira de motorista (a CNH brasileira mesmo serve) para alugar um carrinho. Como iríamos apenas conhecer o centrinho (não pode andar de carrinho de golfe por lá) e a Playa Norte que dá traquilamente para ir a pé, o carrinho foi desnecessário para a gente. Se a ideia é dar a volta na ilha toda, pesquise na internet pessoas que alugaram o carrinho e veja se realmente vale a pena para você.

Seguimos pela calçada mesmo, beirando alguns restaurantes e chegando na praia do Centro da Isla Mujeres. Bem bonitinha, mas não paramos por ali, passamos direto seguindo até a Playa Norte, deve ter sido uns 15 minutos andando até lá. Há mesas, cadeiras e espreguiçadeiras por lá, caso queira alugar. Como bons cariocas que somos, estendemos a nossa canga na areia, colocamos o carrinho de bebe junto e fomos curtir o mar. A praia realmente é calma e muito bonita. Infelizmente o dia estava bem fechado quando fomos, então não dava para ver aqueles famosos tons de azul. O nosso pequeno brincou na beira da água por lá.






Depois de um bom tempo na praia, seguimos para dar uma volta no centrinho, que basicamente é uma rua cheia de restaurantes e lojas de souvenirs, bem estilo Playa del Carmem, porém bem mais simples, com restaurantes para diversos gostos. Escolhemos almoçar em um restaurante bem simples, que não me lembro o nome, mas que vendia o frango assado junto de alguns acompanhamentos. Como o nosso pequeno é difícil de variar a comida, não gostamos de arriscar muito em coisas diferentes.



Depois do almoço fomos caminhando até o Hotel Mia Reef Isla Mujeres, na Calle Zazil-ha s/n Islote El Yunque, na Playa Norte. Não deixe de ir até lá, é fantástico. Tem uma ponte de madeira para chegar na entrada do hotel e o mar junto desta ponte é simplesmente uma piscina. E caminhando um pouco mais para o lado, junto de umas pedras, a vista para o mar é deslumbrante. Ficamos um bom tempo por ali apreciando o mar. Se estiver de carrinho de golfe, teria que estacioná-lo em algum lugar da rua e fazer todo o passeio pelo local a pé. O carrinho de bebê dificultou bem o passeio por ali, fora que a quantidade de areia nas rodinhas não deixaram o carrinho andando bem como antes.




Não deixe de comer em Isla Mujeres as famosas Marquesitas. Um doce, estilo um crepe bem fino e enrolado, com um recheio. Compramos de nutella e achamos uma delícia. Compramos na rua mesmo, de um comércio local nada muito turístico.

Ao retornar para o porto de Isla Mujeres, para voltar para o hotel (já que parecia que ia cair um dilúvio), percebemos que todos tiveram a mesma ideia que a gente. O porto estava com uma fila quilométrica. A nossa sorte é que vieram dois ferryboats seguidos, portanto, devemos ter ficado apenas uns 30 minutos na fila. Chegando novamente em Cancun, foi só pegar o elevador, pegar novamente o nosso carro e voltar para o hotel.

Depois de descansar um pouco no hotel, seguimos para o Shopping Plaza Las Americas para jantar. Um shopping center grande, junto de um outro shopping (dá para passar de um para o outro), com supermercado, cinema, praça de alimentação e muitas lojas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário