quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Cancun - Dia 1

Este foi aquele dia que tudo que foi planejado não conseguiu ser feito. A ideia era sair de Tulum e ir para Cancun parando pelo caminho, conhecendo o Cenote Azul e a Praia de Akumal.

Aproveitamos a manhã na praia de Tulum (Santa Fé), porém o tempo fechou e começou a chover. A partir daí, infelizmente, choveu o dia todo, portanto, acabamos terminando a manhã no hotel organizando as malas e depois partindo direto para Cancun. A praia que fomos em Tulum é a mesma junto das ruínas de Tulum, no lugar de entrarmos nas ruínas, seguimos a rua até o final, no acesso gratuito a praia.



Bem, por que queríamos visitar a praia de Akumal? Eu li que esta praia é super tranquila e quentinha, própria para ir com as crianças. Li também que é possível ver e nadar com as tartarugas. Há alguns restaurantes por lá. Como esta praia é de proteção ambiental, é preciso seguir uma série de regras no local. Então, fiquei sabendo que ao chegar na praia é preciso assistir a um vídeo no centro de preservação, para entender melhor as regras de preservação do local.

Enfim, quando passamos pela entrada de Akumal, quando seguíamos de Tulum para Cancun, estava caindo uma grande chuva. Logo, tivemos que desistir de visitar Akumal, que foi uma pena. Se o tempo não atrapalhar, não deixe de visitar.

O Cenote Azul é um dos mais famosos da região de Cancun, o acesso a ele fica na pista que liga Tulum a Cancun, então é de bem fácil acesso. Porém, com a chuva ficamos desanimados de visitá-lo também. Para quem curte cenotes, não o deixe de fora. Parece ser bem legal. Vimos o cenote de Valladodid e nos demos como satisfeitos.

Seguimos então direto para Cancun. Ficamos hospedados no Casa Maya Resort. Um resort que não é all inclusive, porém possui restaurante, caso você queira fazer as refeições por lá. Tem piscina, piscina infantil e um pequeno parquinho externo. Este resort é pé na areia, na praia Marlin, que é uma praia bem calminha, ótima para crianças. Escolhemos um hotel só com café da manhã porque não queríamos ficar presos no hotel e passar o dia inteiro na rua. No fim das contas, ainda me arrependi de ter ficado neste resort, pois poderíamos ter economizado e ficado em um hotel comum.

A área hoteleira é bem bonita, vale a pena dar uma volta de carro de ponta a ponta para conhecer. Na maior parte há uma pista de caminhada e inúmeras placas sobre o perigo de ataque de crocodilos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário