quinta-feira, 29 de junho de 2017

Chile - Dia 6

Usamos este dia apenas para passear por uma Vinícola. A vinícola escolhida foi a Concha Y Toro. Há outras por lá. Mas essa é a mais famosa e, aparentemente, com mais estrutura para receber turistas. A vinícola fica na Av da.Virginia Subercaseaux 210, Pirque, Santiago.

Compramos as nossas entradas da visita pelo próprio site. Há guias em inglês, espanhol e português. Escolhemos um horário com o guia em português. De Providencia, bairro onde estávamos hospedados, até a vinícola foram mais ou menos 1 hora. Fomos de carro e estacionamos na própria vinícola. Fizemos o passeio de carrinho de bebê sem grandes problemas, entretanto, há alguns espaços com escada e tivemos de levantar o carrinho algumas vezes.

O passeio pela Concha Y Toro contou com o parque, jardins, o exterior da residência de verão da família Concha y Toro, jardim de variedades de uvas e vinhedo, 2 degustações de vinho e visita às bodegas de guarda, entre elas, a centenária Casillero del Diablo, a lenda do vinho. Deve ter durado mais ou menos 1 hora. No final do passeio há loja, para quem quiser adquirir os produtos. Durante a última degustação, as taças utilizadas ficam de lembrança do passeio.





 


Apesar de não bebermos vinho, achamos o passeio bem interessante. O nosso pequeno acompanhou sem grandes problemas. Porém, na centenária guarda de vinho Casillero del Diablo, há uma certa encenação ao contar a lenda do local. Portanto, as luzes se apagam e há barulhos, a ideia é que pareça que o diabo está por ali, junto dos vinhos. Logo, se estiver com crianças, converse antes com elas para evitar surpresas. Se achar melhor, não participe desta parte do passeio. Como fui com um bebê, ele não se importou de estar no escuro, apenas o peguei no colo no momento.

Infelizmente, como fomos no inverno, o jardim de uvas estava vazio.



Para maiores informações e reservar a sua visita, acesse: https://www.conchaytoro.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário