quinta-feira, 29 de junho de 2017

Chile - Dia 5

No quinta dia do nosso roteiro, fomos visitar o centro de Santiago. Poderíamos ir de carro e estacionar por lá. Entretanto, como ficamos com medo se encontraríamos vaga facilmente para estacionar, resolvemos fazer o passeio deste dia de metrô. Chegamos a pesquisar um estacionamento público no Parque Forestal: Av. Cardenal Caro, 870. Apesar de usar o metrô, levamos o carrinho de bebê sem problemas, porém não há elevadores em algumas estações.

O roteiro deste dia foi:
- Museu de Belas Artes
- Parque Florestal
- Plaza das Armas
- Catedral Metropolitana
- Museu Histórico Nacional
- Palácio de La Moneda
- Calçadão Paseo Ahumada
- Museu de Arte Precolombiana
- Quarteirão de casarões Paris-Londres


Como não entramos em nenhum museu, deu tempo de fazer isso tudo em um dia no centro. Apenas a troca da guarda deixamos para ver em outro dia. Como não fomos no parque de diversões Fantasiland, fomos ver a troca da guarda com calma. Não entramos em museus para não se tornar um passeio muito entediante para o nosso pequeno. Passamos por parquinhos infantis lá no centro também. O passeio foi todo feito de carrinho de bebê.


O nosso dia começou no Museu de Belas Artes, no Parque Florestal. Descemos na estação mais próxima do metrô, a Bella Artes. Andamos umas 2 quadras até chegar no museu. Este museu é um dos mais antigos da América Latina e é um dos museus principais de Santiago. O museu fica no Parque Forestal, que é uma área muito bonita para uma caminhada. Como o acervo deste museu é composto de esculturas e pinturas, achamos melhor não visitá-lo com o pequeno. O Parque Florestal foi uma boa parada para caminhar, correr e brincar um pouco.


De lá seguimos para a Plaza das Armas. A praça surgiu em 1541 e tem o formato de um tabuleiro de xadrez. No centro da praça ficava a forca, onde acontecia a execução de sentenciados. Nos dias de hoje é utilizada principalmente para atividades culturais. Depois fomos até a Catedral Metropolitana. O altar e a cripta da igreja chamam atenção pela beleza. A entrada é gratuita.

Ainda na Plaza das Armas, próximo a catedral, está o Museu Histórico Nacional. O museu possui um acervo histórico bem interessante. Não é permitido entrar com mochilas, mas há armários na recepção. Em 2014, custava 600 pesos para adulto. Domingo era gratuito. Aberto de 10h às 18h de terça a domingo. Não chegamos a entrar neste museu.



Seguindo o roteiro do dia, o Palácio de La Moneda já foi usado para a fabricação de moedas há uns 200 anos. Depois passou a ser residência do presidente e atualmente é seu local de trabalho. No subterrâneo costuma ter exposições. Como fomos em Agosto, mês das crianças, havia exposições infantis. Até 12h a entrada costuma ser gratuita. Também há visita guiada, caso haja interesse.

Atrás deste palácio acontece a troca da guarda, na Plaza da Constituição. A troca acontece às 9h50 durante semana e 10h50 aos finais de semana, em dias sim dias não. Recomendo chegar uns 10 minutos antes para se acomodar, pois a troca dura 40 minutos. Verifique no próprio Google os dias da troca da guarda no mês da sua visita. Quando eu fui, em agosto, aconteceu nos dias pares. Não assistimos a troca da guarda neste dia, como havia horário e estávamos com o dia cheio, deixamos para ver a troca em um outro dia com mais calma.


De lá fomos dar uma volta no calçadão, o Paseo Ahumada. São várias lojas comerciais. Aproveitamos para almoçar por ali.

Outro museu que estava no roteiro do dia é o museu de arte precolombiana. Museu com o acervo de peças antes da chegada dos espanhóis. Quando estivemos por lá, o ingresso adulto custava 3500 pesos. Aberto de terça a domingo de 10h às 18h.

Se ainda houver tempo no dia, dar uma volta no quarteirão Paris-Londres. O quarteirão tem diversos casarões bonitos e coloniais. Destaque para a igreja de São Francisco, a mais antiga, com quase 500 anos. O quarteirão fica nas proximidades da estação da Universidad do Chile. Usamos esta estação para voltar para o hotel.

Caso opte por visitar os museus ou algum local deste com mais calma, organize o seu roteiro para mais dias no Centro de Santiago. De modo geral, passamos um dia por lá e mais uma manhã, para ver a troca da guarda. O pequeno adorou a troca da guarda por causa das roupas e dos cavalos, considero uma atração de Santiago imperdível. A troca acontece dia sim dia não, às 9h50 durante semana e às 10h50 durante semana. A troca acontece na Plaza Constitución – Palácio La Moneda – Metrô Estação La Moneda.
A troca da guarda para 2017:
Janeiro, Abril, Maio, Agosto, Novembro, Dezembro  – dias pares
Fevereiro, Março, Junho, Julho, Setembro, Outubro – dias impares
Entretanto, quando for montar o seu roteiro, pesquise na internet antes de reservar o dia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário