domingo, 14 de agosto de 2016

Colômbia - Cartagena - Dia 1

Deixamos Medellin de manhã e seguimos para o aeroporto internacional para pegar o avião para Cartagena, pela empresa Avianca. Como a serra para o aeroporto é longa, nos organizamos para pegar o táxi 3 horas antes do voo, para o tempo de quase 1 hora de viagem de carro e possíveis engarrafamentos. Mais uma vez dei o remédio de enjoo para o pequeno um pouco antes de pegarmos o táxi. O táxi foi pedido pelo próprio hotel. Levamos uma hora até o aeroporto. Há algumas lanchonetes por lá e um Burger King depois do Raio X.

O voo durou mais ou menos 45 minutos, com um pouco de turbulência, mais nada demais. Chegando em Cartagena, fomos direto para a fila do táxi. Você já informa no guichê o local e o atendente te entrega a nota com o valor da corrida. Até o nosso hotel custou 18000 pesos. Ficamos hospedados em Bocagrande, que é considerado a Miami colombiana. O bairro é bem moderno, como muitos prédios altos e praia. Há pequenos shoppings, muitos hotéis, restaurantes, farmácias, mercados etc. Este bairro fica ao lado da parte histórica de Cartagena, precisando pegar um táxi.

Ficamos no hotel Beijing Internacional. O hotel é bem simples, mas bem localizado, a uma quadra da praia e na Carrera 2, que é a rua que tem várias opções de restaurantes. Como ficamos pouco tempo e ficamos no hotel praticamente apenas para dormir, o hotel nos atendeu bem. Para luxo ou um maior conforto, recomendo buscar um outro hotel pela região.

No primeiro dia, como já chegamos depois das 15h, usamos apenas para conhecer o bairro Bocagrande e conhecer a praia local. A praia não faz o estilo caribenho. A areia é escura e o mar acompanha a cor da areia. Há muitos ambulantes na areia, que acabam atrapalhando um pouco o descanso em frente ao mar. Como chegamos em um domingo, a praia estava bem cheia.



Se quiser aproveitar mais a praia, alugue uma barraca por causa do sol forte. Como chegamos no final do dia com pouco sol, não alugamos. Usamos a canga (embora não vi ninguém por lá usando canga).
Deixamos o pequeno brincar um pouco na areia, voltamos para o hotel e depois seguimos para jantar no próprio bairro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário