sábado, 5 de março de 2016

Curitiba - Dia 1

Chegamos no aeroporto de Curitiba por volta de 10hrs da manhã. Fomos para a capital paranaense passar 4 dias. Resolvemos alugar um carro para deixar a viagem mais confortável.

Seguimos do aeroporto para o hotel. Geralmente ficamos em hotel com cozinha, mas desta vez ficamos em um hotel comum. O hotel ficava em Bacacheri já que o papai iria trabalhar por lá uma madrugada. Almoçamos no restaurante self-service Aquarius, com comida muito boa.

Após o check in no hotel e almoço, seguimos o seguinte roteiro:

1) Museu Oscar Niemeyer
2) Bosque do Papa
3) Ópera de Arame
4) Parque Tanguá
5) Santa Felicidade - Madalosso

O museu Oscar Niemeyer é um ótimo local para tirar fotos, assim como a maioria dos projetos do Niemeyer. Não entramos no museu. Apenas passeamos por lá. O espaço é grande, com a passarela, um laguinho com pássaros falsos, lojinha do museu e uma área aberta. O pequeno correu muito por lá. Há estacionamento gratuito ao lado do museu. Em frente, do outro lado da rua, há um café.
Ingresso: R$ 12,00, há meia entrada.
Endereço: R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico, Curitiba.
Aberto diariamente de 10h às 18h, exceto segunda-feira. 
Site: http://www.museuoscarniemeyer.org.br/home


O bosque do Papa fica ao lado do museu. Há inclusive uma trilha ao fundo do museu para o bosque. Preferimos pegar o carro e ir pela rua, dando a volta para a entrada. Estacionamos o carro na rua mesmo. O bosque é uma homenagem à imigração polonesa no Brasil e à visita do Papa João Paulo ao Brasil, em 1980. O cenário é muito bonito, com diversas árvores e casinhas de madeiras, que guardam exposições. Há banheiros no local. No bosque há pista para caminhada e parquinho. Tiramos algumas fotos e ficamos no parquinho algum tempo. A entrada do parque é gratuita.
Endereço: R. Euclídes Bandeira - Centro Cívico, Curitiba
Aberto diariamente de 6h às 20h 


Dali seguimos para o Ópera de Arame, um espécie de teatro feito de ferro. Há uma ponte acima de um lago para chegar no teatro. A paisagem é bem bonita, mas não há muito o que visitar. Da primeira vez que fomos, podia visitar a parte debaixo do teatro, se aproximando dos patinhos no lago, desta vez não pôde. A visitação é gratuita e possui estacionamento gratuito, com poucas vagas. Há lojinhas de souvenir ao lado e em frente, assim como café.
Endereço: R. João Gava, 874 - Abranches, Curitiba 
Aberto diariamente de 8 às 19h. Fica fechado na segunda-feira. 

Depois do Ópera de Arame seguimos para o Parque Tanguá. Nosso preferido pelos belos cenários. Infelizmente não tem como deixar o pequeno muito solto por lá, devido às escadas e água por todo lado. Possui banheiros, lojinha, duas lanchonetes (uma embaixo dos mirantes e uma no lago), dois mirantes e uma linda vista. Paramos o carro na parte de cima para conhecer e depois fomos para o estacionamento da parte debaixo do parque, para não andar muito, porém nas visitas anteriores fizemos o passeio todo a pé. Quando fomos com o pequeno com 10 meses, visitamos o parque de carrinho. A entrada do parque e os estacionamentos são gratuitos.
Endereço: Rua Oswaldo Maciel, s/n - Pilarzinho, Curitiba
Aberto diariamente de 9h às 18h. 



Após visitar o parque, voltamos para o hotel para se arrumar para o jantar. Levei o jantar congelado para o pequeno para todos os dias. Como escolhemos locais para jantar que não feriam muitas opções para ele e ainda teriam ótimos parquinhos, achamos melhor assim. Portanto, o pequeno jantou antes do próximo item no roteiro.

Seguimos para Santa Felicidade, uma cidadezinha famosa por sua gastronomia. Chegamos lá por volta de 19h. Em uma rua, a principal, se concentram diversos restaurantes. Escolhemos o Madalosso, o maior da América do Sul. Pelo lado de fora lembra um shopping. Estacionamos o carro na rua, mas tem como estacionar dentro do restaurante. Avisamos na recepção que queríamos ficar perto de um parquinho. E ficamos. O parquinho é todo de vidro e dava para acompanhar o pequeno. Entretanto não há monitores, então acabamos nos revezando para acompanhá-lo mais de perto. Por volta de 20h, o parquinho foi começando a ficar bem cheio. O parquinho era imenso, com uns 3 pula pula, 2 chapéus mexicanos, escorrego gigante, balões giratórios, carrinhos e velocípedes, blocos e pintura, casinha e outros.


No Madalosso, a refeição funciona no esquema de rodízio, R$45 por pessoa. Eles trazem para a mesa arroz com molho, salada de maionese, alguns legumes, frango frito e polenta frita, e ficam servindo as massas.
Endereço do Restaurante Madalosso:  Av. Manoel Ribas, 5875 - Santa Felicidade, Curitiba 
Site: http://www.madalosso.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário