terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Recife - Dia 5 / Porto de Galinhas

No quinto dia em Recife, acordamos cedo e fomos para Porto de Galinhas. Porto fica a mais ou menos 40 km de Recife. Mais ou menos 1 hora de viagem ou até menos.

Chegamos em Porto de Galinhas sem se preocupar com o horário da tábua das marés, pois não íamos visitar as piscinas formadas pelos corais. Estivemos lá em setembro de 2010, sem o pequeno, e conhecemos os corais. Resolvemos não fazer este passeio novamente. Para quem quiser, é bom buscar o horário da maré baixa na internet. Se não quiser atravessar a praia até os corais, há jangadas. Geralmente eles cobram R$ 20 reais por pessoa ida e volta.


Ficamos na praia de porto então curtindo a praia quente e sem ondas com o pequeno, parecia mais uma piscina. Inclusive me arrependi de não ter levado as bóias. Alugamos cadeiras de praia e guarda sol. Apesar dos vendedores não informarem isso, para alugar estes espaços você não precisa consumir com eles. O valor do aluguel é R$ 20. Dá para deixar a bolsa nas cadeiras e ficar na água sem problemas.

Depois do pequeno ter curtido muito a praia, fomos almoçar. Almoçamos no centro de Porto de Galinhas mesmo, há muitas opções. Escolhemos um self service. O pequeno almoçou bem macarrão com frango. Depois fomos para uma sorveteria. Após o almoço o pequeno tirou um cochilo e acabamos ficando no carro, por causa do ar condicionado. O dia estava muito quente.

Em seguida fomos visitar o projeto Hippocampus. O espaço de visitação é pequeno, mas com muitos peixes, cavalos marinho, lagostas e estrela do mar. Há monitores para explicações, se quiser. O pequeno curtiu bastante. O ingresso da visitação foi R$ 10,00. O pequeno não pagou. Horários: terça-feira a sábado, das 09:00 às 12:50 e s 14:30 às 16:50. Ingresso: R$ 10,00 por pessoa
Entrada franca para crianças menores que 1,20m e adultos acima de 60 anos. Endereço: Rua da Esperança, 700, Porto de Galinhas, Ipojuca.


Depois dali seguimos para a praia do Pontal de Maracaípe. Esta praia é bem perto de Porto de Galinhas, praticamente ao lado. Usamos o GPS, mas há placas indicando também. É uma praia calma e rasa, beeem rasa. Não é badalada como a de Porto de Galinhas, então deu para brincar na areia mais a vontade. Ficamos por lá até o pôr do sol.



Voltamos então para o apartamento, com o pequeno bem cansado. Confesso que passar um dia inteiro na praia sem um intervalo para  banho de verdade é bem cansativo. Mas o passeio valeu a pena e o pequeno se divertiu muito. Se tivéssemos mais dias em Recife, com certeza voltariamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário